Procrastinação: descubra se você a pratica

Especialista revela o que é essa palavra que poucos conhecem, porém sempre praticam

A palavra difícil vem do latim procrastinare e quer dizer, literalmente “a frente de amanhã”, ou seja, empurrar com a barriga, deixar para amanhã o que pode e deve ser feito logo. Esse comportamento pode ser muito prejudicial ao longo do tempo, pois gera ansiedade, frustração, uma coleção desculpas e mentiras. Geralmente ela surge inocentemente, de alguma atividade que o indivíduo tem que fazer, mas não quer, é chata ou com longo prazo para cumprir. Isso pode se instalar no indivíduo e se tornar um hábito.

A coach de Alta Performance, Shai Porto, relata que já teve um cliente que tinha prazer em procrastinar, ao mesmo tempo que isso o incomodava e impedia de crescer profissionalmente. Ele era um advogado competente que saiu do zero e abriu seu próprio escritório no centro do Rio de Janeiro, trabalhando por conta própria e com prazos confortáveis, também terminando uma especialização na área do direito em que atuava. Quando ele iniciou o processo de coaching, buscava o motivo de não conseguir organizar sua agenda, ganhar mais clientes e entregar seu TCC. Descobriram na primeira sessão que ele tinha Procrastinação Aguda Grave (PAG) . Ele deixava todos os prazos para o último dia e ainda ficava pensando neles todos os dias, mas não sentava para produzir. Isso o impediu de entregar o TCC no prazo. Foi criado então um método anti-procrastinação especificamente para ele, pois a procrastinação se instala e para sair precisa-se de força de vontade e ajuda. Até a décima sessão o TCC estava na banca examinadora, conta Shai.

O fato de alguém descobrir que procrastina em determinadas áreas da vida, quais são os seus pontos fracos, objetos de distrações e por onde pode começar a mudança já são grandes aliados nessa luta. Mas a especialista ressalta três super-antídotos:

1 – Faça listas do que você tem que fazer e estabeleça prazos curtos para realizar: as listas vão dar uma limpada em sua mente, fazendo com que as tarefas não fiquem armazenadas no seu arquivo mental, impedindo a oxigenação de ideias, atenção e foco e outros afazeres e os prazos curtos vão impedir a afobação de deixar para a última hora.

2 – Estabeleça uma mini-recompensa para cada meta alcançada sem procrastinar: Elas vão “dizer” para seu cérebro que vale a pena fazer tudo logo.

3 – Se comprometa com amigos – Pelo simples fato de ter alguém ao seu lado, que vai te impulsionar e muitas vezes puxar a orelha com carinho, te ajudará a ligar o alerta da prontidão.

Ainda segundo Shai, “quando se deixa levar pela procrastinação, muita angústia e estresse pode lhe tirar a paz. A dor do procrastinador não é a de ter falhado, mas a de nem ter tentado. Não é simples mudar um hábito como esse, mas é perfeitamente possível e gratificante. É como se uma bola de ferro saísse dos seus pés e você se visse livre e em paz”, finaliza a especialista.

16 views |
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (2 votes, average: 4,00 out of 5)
Loading...

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.