Planejamento é a melhor forma de controlar o orçamento de uma obra

  Com a ajuda da Telhanorte, é possível saber quais etapas pesam mais no orçamento

 Construir um novo lar é o sonho de muitos brasileiros. Mas com tantos gastos gerados pela obra, o orçamento precisa ser planejado para que o resultado ocorra conforme era esperado, sem complicações financeiras e atrasos. Portanto, antes de iniciar a reforma, é importante que a família planeje o orçamento. Para auxiliar nesse processo, a Telhanorte preparou algumas dicas, com o apoio do engenheiro civil Roger Teixeira, especialista em patologia das construções, que é a ciência que estuda os problemas que podem prejudicar as edificações. Tendo como base um sobrado de 90m², é possível saber qual percentual do orçamento deve ser utilizado em cada etapa da construção.

A primeira etapa começa com a documentação, o projeto e serviços que devem ocorrer antes do início da obra. Para essa etapa, é importante reservar 7% do orçamento. A construção deve receber orientação técnica e ser executada dentro dos parâmetros da Prefeitura para não inviabilizar uma futura venda por financiamento.

Para a etapa de fundações e impermeabilização, devem ser separados 13% da verba para  gastos com mão-de-obra, equipamentos de perfuração e escavação, além de materiais como aço e concreto. Essa etapa geralmente leva um maior tempo, principalmente em épocas com maior incidência de chuva.

Em seguida, 12% do orçamento deve ser destinado para a estrutura da construção, que pode ser erguida em alvenaria estrutural ou concreto armado, que permite maior flexibilidade ao projeto e futuras reformas. A etapa de alvenaria e reboco é a mais cara da obra, pois 15% do orçamento são utilizados para a compra de tijolos, blocos, argamassa, areia, cal, cimento e também para a mão de obra do pedreiro.

Na compra das portas, janelas e vidro, aproximadamente 8% do valor total são utilizados, mas esse percentual pode ser maior, dependendo dos materiais utilizados e da complexidade de instalação. Para a cobertura, ou seja, estrutura e telhado, são utilizados em torno 10% da verba. Esse custo também pode sofrer variações por conta da escolha do material, por exemplo, telhas de fibrocimento gastam menos tempo e dinheiro do que as telhas de cerâmica ou concreto.

A etapa que envolve hidráulica, esgoto e a parte pluvial consome em torno de 5% da verba e envolve a compra das tubulações e o gasto com encanadores. A parte elétrica também usa 5% do orçamento para obter toda a fiação, disjuntores, quadros instalados pelo eletricista. Durante essas etapas, a utilização de materiais de qualidade faz toda a diferença e evita problemas futuros. Já para a compra das cerâmicas e dos revestimentos, 15% da verba é utilizada para personalizar os ambientes, com pisos de cerâmicas, os porcelanatos, as pastilhas, os pisos laminados além do serviço de instalação.

Finalmente, tem a etapa de pintura e outros acabamentos, como emassamento e lixamento. Nesse ponto da obra, são utilizados 10% do valor total, sendo que 70% desse montante se refere à contratação de mão-de-obra especializada. Nesse momento, é importante criar os devidos respaldos, como documentos combinados prazos de entrega de cada fase da obra, bem como os valores combinados.

Seguindo o planejamento e as etapas de forma organizada, a conclusão dessa jornada é muito recompensadora e gratificante.

Sobre a Telhanorte

A Telhanorte, multiespecialista em construção e reforma, é uma das maiores redes varejistas de material de construção do país e pertence ao grupo francês Saint-Gobain desde 2000. A rede é composta por 39 lojas, sendo 32 no Estado de São Paulo 4 em Minas Gerais e 3 no Paraná, além do Canal Televendas e E-Commerce. Suas lojas são voltadas para os melhores padrões de qualidade e abastecidas com 45 mil itens para fornecer a melhor solução para o consumidor.  A Telhanorte dispõe ainda de 8 Centros de Distribuição, sendo 3 de grande porte e 5 unidades de apoio e conta com cerca de 3.600 colaboradores especializados e treinados para atender o consumidor da melhor forma possível.

 Sobre o Grupo Saint-Gobain

Em 2015, a Saint-Gobain está comemorando seu 350º aniversário com 350 razões para acreditar no futuro. Apoiada por sua experiência e sua capacidade de inovar continuamente, a Saint-Gobain, líder mundial no mercado de habitat, projeta, fabrica e distribui materiais de construção de alta performance, fornecendo soluções inovadoras para enfrentar os desafios de crescimento, eficiência energética e proteção ambiental. Com vendas de 41 bilhões de euros em 2014, a Saint-Gobain opera em 66 países e tem cerca de 180 mil funcionários.

No Brasil há 78 anos, estão entre suas principais marcas Brasilit, Carborundum, Isover, Norton, PAM, Placo, Quartzolit, Sekurit e Telhanorte. São 17 mil funcionários diretos e indiretos no País e vendas anuais de R$ 9,8 bilhões em 2014, 58 fábricas, 39 centros de distribuição, 11 mineradoras, 39 lojas e 23 escritórios comerciais.

Para mais informações sobre a Saint-Gobain, visite www.saint-gobain.com.br ou o Twitter @saintgobain.

66 views |
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.