Prefeitura realiza Audiência Pública sobre reforma do corredor Santo Amaro

No dia 03 de dezembro, na Universidade Aberta de Meio Ambiente e Cultura e Paz – UMAPAZ, avenida IV Centenário, 1.268, portão 7, Parque do Ibirapuera, às 19h, será apresentado o Estudo de Viabilidade Ambiental (E.V.A.) – Reforma do Corredor Santo Amaro – 9 de julho e Requalificação da Avenida Santo Amaro – trecho Juscelino Kubistchek.

As audiências são eventos em que se abre a oportunidade de debate sobre o empreendimento, prestação de esclarecimentos, e coleta de sugestões. O E.V.A. está à disposição dos interessados para consulta no horário das 09h às 16h, nos dias úteis, na sala do Conselho Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento – CADES, junto à Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente, à Rua do Paraíso, 387 – 1º andar – Paraíso – São Paulo. Maiores informações pelo telefone: 5187-0360 / 0137.

O projeto de Reforma do Corredor Santo Amaro – 9 de julho e a requalificação da Avenida Santo Amaro faz parte do Programa Municipal de Investimentos e Ações para a Melhoria do Transporte Público Coletivo e do Trânsito. Neste contexto, a implantação do Projeto, no trecho compreendido entre as avenidas Juscelino Kubitschek e dos Bandeirantes (localizado entre a Av. Juscelino Kubitscheck e a Rua Cabo Verde), visa aumentar a qualidade do espaço urbano da Avenida Santo Amaro por meio de diversas medidas, em especial o alargamento das calçadas e a adequação à acessibilidade. Além disso, a reforma do Corredor de ônibus existente contribuirá para melhorar a mobilidade na região com ganhos na operação do sistema.

Projeto de revitalização do corredor Santo Amaro
Projeto de revitalização do corredor Santo Amaro

A Avenida Santo Amaro é um dos principais eixos de ligação do Centro para a região Sul, contando com corredor de ônibus em faixa exclusiva desde 1987. No entanto o local está com o pavimento degradado, as calçadas são estreitas, inexistência de estacionamento, falta de ciclovia e de arborização, dentre outros problemas apontados no estudo. Por este motivo, esta reforma irá priorizar o transporte coletivo com qualidade em paralelo à requalificação urbana, impulsionando oportunidades para melhorar as condições ambientais e urbanísticas, promovendo o interesse dos usuários, do comércio e dos serviços da região.

A proposta abrange o alargamento da via, melhorias nas calçadas, implantação de baias de estacionamento em frente aos estabelecimentos comerciais, construção de ciclovia no canteiro central em quase toda a extensão da avenida, dentre outras intervenções.

Histórico

O Corredor Santo Amaro foi o primeiro a ser implantado em São Paulo em via segregada. O projeto inicial previa um sistema tronco-alimentado, operado por trólebus, garantindo a circulação de ônibus exclusivos no sistema. Os ônibus de circulação local deixariam os passageiros com destino ao eixo Santo Amaro – 9 de julho nos Terminais de Integração.

O crescimento populacional na região sul de São Paulo, principalmente na periferia, em bairros como Parelheiros, Jardim Ângela, Marsilac e Grajaú na década de 1980, associado à concentração de empregos na região central, contribuiu na elevada demanda por transporte coletivo. Essa demanda se distribuía entre o eixo da Avenida Jabaquara (atendida pelo sistema metroviário) e da Avenida Santo Amaro (atendida pelo sistema de ônibus). A região era dependente do sistema de ônibus, que atendia precariamente à população. A frota era insuficiente, o tempo de espera era elevado e as calçadas da avenida estreitas. Frente a esses problemas, o projeto do Corredor procurou desenvolver uma solução que minimizasse as perdas de tempo, sendo esse o principal objetivo da intervenção.  Com o passar dos anos, a via ficou saturada e degradada, sendo, portanto, necessária uma nova intervenção.

11 views |
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.