Dormir de bruço e de lado: posições que causam distorção facial e rugas ao longo do tempo

Número de vezes que mudamos nossa posição por noite diminui de 27 para 16 quando envelhecemos, aumentando as rugas associadas ao sono

Um novo estudo, publicado no Aesthetic Surgery Journal, publicação da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica Estética (ASAPS), indica que as forças de compressão, tensão e cisalhamento aplicadas à face, durante o sono, causam distorção facial quando as pessoas dormem de lados ou de bruços, levando ao desenvolvimento de rugas do sono ao longo do tempo.

“As rugas do sono são uma resposta à distorção criada quando o rosto é pressionado contra qualquer superfície. Elas tendem a piorar, ao longo do tempo, devido à repetição combinada, ao afinamento da pele e à diminuição da elasticidade à medida que envelhecemos”, afirma o cirurgião plástico Ruben Penteado, (CRM-SP 62.735), diretor do Centro de Medicina Integrada.

As rugas do sono também são influenciadas pela quantidade de tempo gasto em várias posições. A nossa posição de sono inicial é uma decisão consciente, mas mudamos de posição durante a noite inconscientemente. O número de deslocamentos diminui à medida que envelhecemos de 27 para 16 por noite, com uma média de cerca de 20 posições por noite. A posição lateral de sono é a mais comum em estudos, com média de 65%, com os restantes 30% na posição supina (posição do corpo quando o indivíduo deita de face para cima) e 5% na posição prona (face para baixo  – algumas vezes com as mãos atrás da cabeça ou pescoço.

“Enquanto alguns padrões de rugas de sono podem reforçar as linhas de expressão facial, a maioria das rugas de sono tendem a ser perpendiculares às rugas de expressão. Aparecem principalmente  na testa, nos lábios e nas bochechas. Ao contrário das rugas de expressão facial, causadas por contrações musculares, as rugas do sono são formadas por causa da compressão mecânica, durante o sono, e não podem ser eliminadas por meio da toxina botulínica”, diz Ruben Penteado, que é membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Prevenção das rugas do sono

Segundo o médico, “uma maneira de minimizar as rugas do sono é limitar a distorção facial durante o sono. Existem vários travesseiros especiais disponíveis para ajudar a conseguir isso. Preenchimentos dérmicos podem melhorar temporariamente as rugas de qualquer tipo, no entanto, as neurotoxinas não terão muito efeito sobre essas rugas, uma vez que elas não são causadas ​​por contrações musculares. Os tratamentos estéticos não invasivos que promovem a produção de colágeno podem diminuir as rugas do sono”, diz Penteado.

“ Para prevenir as rugas do sono, recomendamos  usar protetor solar, parar de fumar, otimizar a nutrição e maximizar o cuidado tópico da pele para controlar pelo menos algumas das variáveis ​​que influenciam o envelhecimento. Evitar dormir nas posições lateral e prona é extremamente difícil, pois as mudanças nos padrões de sono não são conscientes”, destaca o cirurgião plástico.

32 views |
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.