a

Zona Sul SP

Zona Sul Portal JE

[ratings]

Saiba onde é possível instalar piso vinílico

Saiba onde é possível instalar piso vinílico

Conheça quais são os contrapisos permitidos e por que não se deve instalar piso vinílico sobre a madeira

Uma das grandes vantagens do piso vinílico é a agilidade na instalação, fator que tem impulsionado as vendas desse tipo de revestimento especialmente para reformas que precisam economizar ainda mais tempo e evitar os transtornos do quebra-quebra.

Existem modelos como o piso vinílico clicado que permite realizar o sonho de um piso novo, pronto e liberado para o uso em até 48 horas – um ganho e tanto de tempo quando comparado com outros tipos de revestimentos, como por exemplo os pisos frios.

Nem todo contrapiso, no entanto, está apto para receber o piso vinílico. Será preciso prepará-lo e em alguns casos até nivelá-lo antes iniciar a instalação. Existem também aquelas superfícies cuja instalação do vinílico não é recomendada.

Líder mundial em pisos vinílicos, a Tarkett explica abaixo o ‘pode ou não pode’ da instalação do piso vinílico, o que vale para todos os formatos disponíveis: placa, régua e mantas.

Onde posso instalar piso vinílico?

Os pisos vinílicos podem ser instalados nos seguintes contrapisos:

  • Cimento desempenado ou laje de concreto;
  • Mármores e granitos polidos, desde que estejam bem aderidos e nivelados;
  • Cerâmicas e porcelanatos com juntas de até 5 mm;
  • Pisos com sistema de calefação;
  • Mezaninos com placa cimentícia travada ou laje de concreto.

No caso dos pisos Tarkett, além destas possibilidades, é possível ainda instalar placas de Paviflex somente sobre outras placas da mesma linha, desde que as antigas não tenham sido instaladas com adesivo betuminoso.

Onde não posso instalar piso vinílico?

Os pisos vinílicos não podem ser instalados nos seguintes contrapisos:

  • Qualquer contrapiso em área externa;
  • Qualquer contrapiso de banheiros com chuveiro;
  • Cimento queimado;
  • Cerâmicas e porcelanatos desnivelados com placas soltas e juntas superiores a 5 mm;
  • Ardósia e pedras diversas;
  • Mezanino que não seja de placa cimentícia travada ou laje de concreto;
  • Qualquer contrapiso em cozinhas industriais;
  • Qualquer tipo de piso de madeira, seja tacos, tábuas, parquets ou laminados.

Também não se deve instalar pisos vinílicos sobre outros desse mesmo tipo, exceto na condição de Paviflex sobre Paviflex já citada.

Por que não posso instalar piso vinílico sobre piso de madeira?

Como você pode notar acima, para quem precisa substituir os pisos de madeira tradicionais pelo piso vinílico, o ideal é que um não seja aplicado sobre o outro, mas por quê?

A madeira é bastante suscetível à temperatura e à umidade, e o piso vinílico precisa de uma base rígida para ser instalado”, explica Bianca Tognollo, gerente de marketing América Latina da Tarkett. “Uma vez coberta pelo vinílico, as chances da madeira se movimentar são grandes e isso vai danificar o piso vinílico na superfície. É preciso remover a madeira, refazer o contrapiso e então instalar o vinílico” completa.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.